Ozzy está aí! Confira biografia e fatos bizarros sobre o roqueiro

Publicada em 11/04/2008 no Click 21

Ozzy, aos 59 anos: facilidade para assustar.

Por Cristina Cople

ozzy 1O roqueiro Ozzy Osbourne está no Brasil com a turnê mundial Black Rain, que, segundo ele, é a última de sua carreira.

Os fãs da figura escatológica correram para garantir um ingresso para as apresentações no Rio, realizada na última quinta-feira, e neste sábado (5), no Parque Antártica, em São Paulo.

O ex-vocalista do Black Sabbath passou pelo país há 13 anos e deixou saudades – desta vez, quem curte o rock pesado e o visual excêntrico do músico não podia perder. Mas, como entender o sucesso dos roqueiros que teriam idade para serem ‘vovôs’ deste público jovem? A explicação pode estar na capacidade de reciclagem das estrelas.

CARREIRA

Aos 21 anos, Ozzy montou a primeira banda, o Polka Tukl, que mudou de nome para Earth e, posteriormente, para Black Sabbath. Ele deixou o grupo em 1978, lançou carreira solo, anunciou a aposentadoria em 1993, se arrependeu e voltou aos palcos dois anos depois.

Em 1996, o ‘Príncipe das Trevas’ também idealizou o OzzFest, onde se apresentaram Sepultura, Slayer, Powerman 5000, Biohazard, Fear Factory e Cellophane.

Em 2002, voltou às manchetes por causa do sucesso do reality showOs ozzy 2Osbournes”, que mostrava o cotidiano do roqueiro ao lado da família nada convencional durante seis meses.

MOMENTOS MARCANTES

► Em 1981, durante uma turnê pela Europa, um fã atirou um morcego no palco. De acordo com a imprensa sensacionalista, Ozzy pensou que fosse um brinquedo de plástico e mordeu a cabeça do animal. Ele teve que tomar várias injeções anti-rábicas,  que provocaram um choque anafilático. Entidades de proteção aos animais protestaram contra a atitude do cantor e vários shows foram cancelados.

► A atitude irreverente não parou por aí. Em 1982, ao assinar contrato a Epic Records, Ozzy e a mulher, Sharon, queriam publicidade e decidiram soltar duas pombas brancas em comemoração. Ozzy libertou uma das pombas e arrancou a cabeça da outra a dentadas. Seria de plástico também?

► Em abril de 2002, Ozzy recebeu uma estrela na calçada da fama em Hollywood e foi convidado para um jantar na Casa Branca, com o objetivo de – acredite se quiser – promover seu trabalho de proteção aos animais. Em 2007, ele lançou o álbum ‘Black Rain’, que lhe rendeu o título de maior ozzy 3ícone da música pelos críticos mundiais.

OUTROS ÍCONES

Rod Stewart – Neste sábado, o músico se apresenta no Rio de Janeiro, no Rio Arena. O cantor e compositor britânico se tornou famoso pela voz rouca e é autor de uma longa discografia. Entre os maiores sucessos estão clássicos como “Maggie May” e “Da Ya Think I´m Sexy?”. Ex-integrante do grupo Jeff Beck e do The Faces, Stewart é considerado um dos grandes nomes do rock inglês.

Serguei – O roqueiro brasileiro Serguei, que gravou um disco com covers de bandas como Rolling Stones e Beatles, exalta o valor dos representantes do rock ‘verdadeiro’, que fizeram história a partir de Woodstock.

“A vinda de Ozzy Osbourne ao Brasil é uma força para o rock n´roll. O show dos Rolling Stones também foi muito bom. Feito na praia, para milhares de pessoas! Jovem não têm dinheiro para pagar R$ 200 por um ingresso. Esta época em que vivemos é a pior possível para os mais jovens. A juventude de 69 se reuniu em Woodstock para protestar contra a guerra do Vietnã. Hoje, os jovens parecem mortos-vivos, sem brilho, ozzy 4monossilábicos. Tudo que nós criamos, eles destruíram. O novo sempre vêm, mas que venha o rock de qualidade. As pessoas chamam pop de rock e a tribo do rock fica como? O rock ainda está vivo em São Paulo, mas o Rio é o túmulo do rock”, declara.

Desde a época de 80, o cantor vive em Saquarema, no Rio de Janeiro, e mantém em sua residência um museu, chamado “Templo do Rock”. Serguei quer que as pessoas valorizem o tipo de música que já foi feito para poder avaliar o que é feito agora. “Não existe idade cronológica para gostar de rock”, afirma o cantor.

Rita Lee – A cantora comemora os quarenta anos de sucesso com uma turnê que começou na sexta-feira em São Paulo. No show “Picnic”, ela interpreta sucessos como “Ovelha Negra”, “Flagra” e “Saúde”.

Em entrevista recente ao site Ego, a artista disse que aos 60 anos está mais ‘reclamona’, mas que quando está no palco nada consegue abalar o prazer que sente. Para ela, a fórmula do sucesso é ter prazer em fazer o que faz.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s